top of page
  • Foto do escritorComunicação e Marketing

Nos EUA: Três estudantes de Novo Hamburgo vão representar o RS em evento

Além de adequados às exigências do mundo profissional, os cursos Técnicos são constantemente atualizados e visam proporcionar rápida inserção no mercado de trabalho, bem como garantir um ensino de qualidade para os alunos.

Três estudantes gaúchas irão representar o Brasil e o RS na Regeneron ISEF (Internacional Science and Engineering Fair), considerada a maior feira pré-universitária de ciências do mundo, que acontece entre os dias 13 e 19 de maio, em Dallas, Texas (EUA). As alunas Sofia, Manuela e Helena, são estudantes de mecânica e química da Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha, e tiveram seus projetos premiados na Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia (Mostratec) ano passado. O reconhecimento na mostra as credenciou para o evento internacional.


Sofia (estudante de mecânica) desenvolveu uma válvula exalatória de respirador mecânico alternativa, reduzindo o custo da peça em 90%. Para Sofia, ir a Dallas será uma experiência única, compartilhar seu projeto com alunos do mundo inteiro, na qual com certeza lhe trará grandes oportunidades.


Helena e Manuela (estudantes de química), desenvolveram uma membrana que absorve o óleo da água de influencias industriais, hoje em dia existe muitos casos de contaminações de mares e lagos, devido a descartes indevidos, causando danos ao meio ambiente e a população.

A ida a Dallas está nos sonhos das alunas desde o ano passado, e reforçam que aprimorar o estudo na ciência, além de valer a pena, muda a vida das pessoas.


O presidente do CRT-RS, Luiz Antonio Castro dos Santos irá acompanhar a delegação e deixa uma mensagem:

“A importância que tem as instituições de ensino técnico assim como a Fundação Liberato, que tem um corpo técnico com professores da mais alta qualidade, alunos com capacidade de desenvolver trabalhos como estes que serão apresentados nos EUA, e o mais importante, trabalhos que tem o foco na questão ambiental e sustentabilidade. Temos um caminho muito importante de cada vez valorizar mais o ensino técnico, em especial o ensino de química.”


Imagens: (alunas da Fundação Liberato / Presidência e Vice-presidência do CRT-RS)


27 visualizações0 comentário
bottom of page