Palavra da Diretoria

A luta pela criação do Conselho Federal dos Técnicos Industriais e do Conselho Federal dos Técnicos Agrícolas, através do desmembramento do Sistema Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (CONFEA)/Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (CREA), durou árduos 50 anos. Ao ser vencida, traz a segurança que o Técnico Industrial necessita para exercer valorosamente sua profissão, a garantia de um serviço de qualidade à sociedade e desenvolvimento e progresso ao País.

A concretização do sonho do Conselho Próprio só foi possível graças ao empenho, determinação, coragem, trabalho e diálogo com as mais diversas regiões do Brasil. O resultando não poderia ser diferente. No dia 26 de março de 2018, estava criada a Lei Nº 13.639, criando duas autarquias distintas: o Conselho Federal e Regionais dos Técnicos Industriais e Conselho Federal e Regionais dos Técnicos Agrícolas.

Somam-se a este histórico mais três grandes vitórias dos Técnicos Industriais durante esta meia década de luta. A primeira foi a Lei Nº 5.524/1968, que dispõe sobre o exercício do Técnico Industrial, a segunda, a publicação do Decreto Nº 90.922/1985, que regulamenta a anterior, e a terceira, a assinatura da Carta Sindical, no dia 23 de setembro de 1987, que originou o Movimento Sindical dos Técnicos Industriais.

Por meio do Conselho Profissional temos a imensa responsabilidade de trabalhar para que o Técnico Industrial seja respeitado, valorizado e tenha o exercício de sua profissão compatível com as suas atribuições.

Seja bem-vindo ao nosso Conselho.

Ricardo Nerbas

Técnico Industrial - Presidente do CRT-RS