top of page
  • Foto do escritorComunicação e Marketing

Presidente do CRT-RS esteve reunido com o Deputado Estadual Issur Koch

Na última quinta-feira (30), o Presidente do Conselho Regional dos Técnico Industriais do Rio Grande do Sul (CRT-RS), Luiz Antonio Castro dos Santos, esteve reunido com o Deputado Estadual Issur Koch para tratar do projeto de construção do Porto no Litoral Norte do Estado. O Deputado preside a Frente Parlamentar em Apoio à Implantação do Porto Meridional, também conhecido como Porto de Arroio do Sal. Castro reafirmou o compromisso do CRT-RS em participar dessa construção coletiva, “nós estamos participando da Frente Parlamentar em Apoio à Implantação do Porto Meridional, pois acreditamos na construção de um Porto sustentável, com preocupação social, ambiental e econômica, com grande potencial de geração de empregos e que certamente será uma das obras mais importantes do Estado e do Brasil”.

Com caráter suprapartidário, a Frente Parlamentar destina-se a promover, em conjunto com representantes da sociedade civil e de órgãos públicos afins, a discussão e o aprimoramento de políticas públicas para implantação da obra. Issur enfatizou a importância do Porto para trazer de volta os investidores e produtores gaúchos que optaram pelo estado de Santa Catarina em razão dos portos que o Estado vizinho possui, “a implantação do Porto traz um modal industrial e logístico, bem como abre novas possibilidades de exploração econômica para a região. A obra representa novas oportunidades para os moradores do Litoral gaúcho, sobretudo para os jovens que quando optam por atuar na área industrial e tecnológica, precisam mudar de cidade em busca de capacitação e colocação no mercado de trabalho”.


Presidente do CRT-RS esteve reunido com o Deputado Estadual Issur Koch para tratar do projeto de construção do Porto de Arroio do Sal.



O Parlamentar destacou que, “segundo os dados levantados através de estudos realizados pelos municípios, pela empresa construtora e por entidades ligadas à indústria, a previsibilidade é de que a implantação do Porto de Arroio gere de 8 à 10 mil postos de trabalho diretos e indiretos. Estima-se que cerca de 3 mil vagas sejam destinadas para quem possui capacitação profissional técnica, sobretudo nas áreas de mecânica, eletrônica, eletrotécnica e química”.

Para o Presidente do CRT-RS a obra representa um fomento para a economia gaúcha e possui o potencial de ampliar o ensino técnico na região, “acreditamos que o empreendimento tem capacidade para gerar em torno de 6 a 7 mil cargos técnicos que devem atuar no sistema de implantação do complexo, dos quais pelo menos 50% devem ser destinados aos técnicos industriais, o que também deve incentivar a abertura de novas escolas afim de suprir essa demanda por mão de obra. Possuímos ensino técnico de qualidade nas escolas técnicas da região, na cidade de Torres, Arroio do Sal e Osório, com quadros docentes que buscam incentivar a pesquisa e a atuação dos alunos na área da sustentabilidade, tecnologia e inovação. Certamente outras escolas serão agregadas na Região, já há uma perspectiva de termos uma Escola Técnica Federal em Arroio do Sal, o que é extremamente positivo para o desenvolvimento do Estado”.

36 visualizações0 comentário

Commentaires

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
bottom of page